Frequência: Deputados do Amapá na Câmara

Faltas dos deputados federais aumentaram 52% em 2017; confira a assiduidade de cada um deles
por Isabella Macedo | 12/01/2018 08:17
CATEGORIA(s): Assiduidade, Crise brasileira, Manchetes, Notícias, Outros destaques

José Cruz / Agência Brasil

Deputados registraram um total de quase 9 mil faltas no ano legislativo de 2017

Nem mesmo as importantes votações na Câmara, como a reforma trabalhista aprovada e já em vigor no país, foram suficientes para incentivar os parlamentares a comparecerem às sessões do Plenário no ano passado. Ao todo, foram 8.931 faltas, dos 548 deputados (incluindo suplentes) que exerceram o mandato em 2017. Em 2016, os deputados acumularam 5.883 faltas nos 94 dias em que as presenças foram obrigatórias. O aumento das faltas foi de quase 52%.

  • A Câmara dos Deputados realizou 119 sessões deliberativas, quando a presença dos deputados é obrigatória. Do total das ausências, 2,6 mil não foram justificadas até o último dia 10 de janeiro. O número de faltas equivale a mais de dois terços (67%) de todas as 12.501 presenças registradas no ano. Oito deputados faltaram a mais de 50% das sessões.  Leia mais  http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/faltas-dos-deputados-federais-aumentaram-52-em-2017-confira-a-assiduidade-de-cada-um-deles/ Continue lendo

O Parabéns de Hoje é à você CARLITÃO!

Por Jucicleber Castro

O município de Mazagão Velho completa mais um ano de vida hoje, 23 de janeiro, coincidentemente data de aniversário do nosso entrevistado, o mazaganesse de nascimento, professor de educação física, servidor público, músico – líder da Banda Placa e pesquisador, Carlos Augusto Gomes, o Carlitão. O município de Mazagão tem sua história, mas hoje nossa pauta É você Carlitão…

Nascido no Rio Vila Nova, em Mazagão, veio aos sete anos estudar na capital, Macapá, e não parou mais. Morou e trabalho em Recife, retornou a Macapá, onde participou do grupo musical os Setentrionais.

Em Março 1983, junto com o irmão, Álvaro Gomes, formou a Banda Placa. De acordo com o cantor, desde que surgiu a Placa tem como marca registrada a inovação, incluindo diversos projetos para valorização da cultura amapaense.

Ao todo a banda desenvolveu 18 projetos, entre eles: Á vida e a obra de Paulo Diniz realizados em escolas públicas no Amapá, Roque Luz realizando festivais de rock dentro da quadra do ginásio Paulo Conrado, Carnaval do Povo, realizado em praças. Outro projeto foi Mazagão dois séculos de Cultura, onde registra todo o envolvimento do líder da banda em busca do resgate das tradições mazaganense. E através desse trabalho a banda conseguiu deixar ao município um ponto de cultura com equipamentos e laboratório de informática. O Avença é um projeto, também da banda e reúne registros, em vídeo, de todo o trabalho de pesquisa realizado dentro das comunidades tradicionais de matriz africana no estado. “Nossa ideia com a criação desses projetos é deixar registrado tudo que nosso povo produz”, enfatizou emocionado cantor.

A Banda Placa comemora 35 anos de existência em março e com novidades, lançamento de livro com todos os projetos e trabalhos registrados pelos caras.

O cara não é fraco, não!

Desejamos muito sucesso a você, pela pessoa cativante e inovadora que és e desejamos que continue nesse mundo fantástico da pesquisa das nossas raízes de ponta a ponta, do Oiapoque ao Jari, obrigada por esse belíssimo trabalho em ajudar a eternizar as raízes da cultura amapaense.
Saiba mais sobre a Banda Placa visitando a página do Facebook pelo link a seguir:https://www.facebook.com/carlosaugustogomes.gomes.58

Feliz Aniversário, amigo!

Hoje, a equipe do blog parabeniza você, Jucicleber Castro.
Desejamos que todos os seus sonhos se tornem realidade, que você tenha paz, e que continue sendo sempre assim, essa pessoa maravilhosa, amigo que está sempre disposto a traçar novos objetivos com os companheiros de luta!
Temos a certeza de que todos que fazem parte de sua vida se orgulham de você, porque como você, existem poucos.
Que Deus ilumine todos os dias de sua vida.
Feliz Aniversário!

Professores marcam presença nesta quinta-feira, 18, em frente a Secretaria de Estado da Educação do Amapá (Seed).

Cerca de 500 pessoas estiveram na manhã de quinta-feira, 18 de janeiro em frente a Seed no Amapá, a maioria professores que reivindicam explicações sobre a imposição por parte do governo em implantar o novo sistema que gerencia às cadernetas eletrônicas (SIGEDUC).

De acordo com o presidente da Federação dos Servidores Públicos do Estado do Amapá (Fespeap), Jocinildo Moura, professores pedem a implantação para o próximo ano.

“O governo está querendo implementar o SIGEDUC neste final de ano letivo….os professores querem a partir do próximo, eles afirmam que às cadernetas manuais já estão fechadas, e que não haveria necessidade de refazer”

 

Por Flávia Moura – colaboradora do blog

Nota de Falecimento

É com pesar que a equipe do blog Pensa Amapá recebe a notícia do falecimento do senhor Eulálio , residente da comunidade do Carmo do Macacoari, ocorrido nesta quarta-feira, 17. Seu sepultamento foi realizado no cemitério São José.
Seu Eulálio ficará registrado nas boas lembranças dos familiares, amigos e também nos registros feitos pela Banda Placa no trabalho chamado Avença.

“A morte consegue nos roubar a presença dos que amamos, mas das lembranças que ficam nem ela pode nos separar”

Mazagão Velho: A Vila completa 248 anos

A comunidade da Vila Mazagão Velho comemora no próximo dia 23 de janeiro 248 anos de fundação e convida você para participar desse momento de festividade. A programação inicia as 5h com a Alvorada festiva. Esse ano em especial homenagem a Banda Placa pelos 20 de contribuição ao retorno da festividade à Vila, pois de acordo com o líder da banda, Carlitão, quando dividido, a festa passou a ser comemorada em Mazagão Novo.
“Esse foi um desafio na verdade de um dos moradores da Vila, aceito e cumprido por nós, e no próximo dia 23, completa 20 anos de retorno da festividade da fundação da Vila de Mazagão Velho” comentou Carlitão.

Confira a programação abaixo:

PROGRAMAÇÃO/248 ANOS DE MAZAGÃO VELHO
5h – Alvorada Festiva;
8h – Missa campal, no campo de futebol em frente ao Cemitério
09h – Solenidade cívica;
– Cântico do Hino Nacional (banda de música da PMAP);
– Cântico do Hino de Mazagão (Vera Nunes);
– Hasteamento das bandeiras do Brasil, Portugal, Marrocos, Estado do Amapá e Município de Mazagão;
– Homenagens póstumas aos primeiros mazaganistas (colonizadores), com salva de tiros pelo Exército Brasileiro e atiradores de São Tiago;
– Corte do bolo;
– Pronunciamentos: representante da comunidade, representante da bancada federal, representante da Assembleia Legislativa, presidente da Câmara de Mazagão, governador do Estado e prefeito de Mazagão;
– Cântico da Canção do Amapá (banda de música da PMAP);
– Encerramento com apresentação de marabaixo;
10h30 – Exposição Cultural 11:00homenagem à Banda Placa, pelos 20 anos de contribuição com a cultura mazaganense (sede Mocito Aires);
12h30 – Programação no balneário às margens do rio Mutuacá
– Diversas atrações. Atração principal: Taty Taylor;
17h – Rufar dos Tambores (abertura das apresentações culturais)
17h15 – Grupo de dança Sensação Mazaganense
17h40 – Grupo de dança Simbauê
18h05 – Raízes do Marabaixo Infantil
18h30 – Grupo São Thomé (Comunidade do Carvão)
18h55 – Batuque Mururé
19h20 – Batuque Mãe de Deus da Piedade
19h45 – Batuque da Gungá
20h10 – Grupo Folclórico do Ajudante
20h35 – Foliões de São Sebastião
21h – Flores do Marabaixo
21h25 – Irmandade São Benedito e Santa Maria
21h55 – Grupo São Sebastião
22h – Grupo Raimunda Cabeleira
22h45 – Raízes do Marabaixo
23h15 – Banda Placa
0h30 – Finéias Nelluty
1h15 – Josy Santos

 

Por Flávia Moura

STF nega suspensão de exigências para refinanciamento de dívida pública do Amapá

 

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, negou tutela provisória de urgência na Ação Cível Originária (ACO) 3091, na qual o Estado do Amapá buscava afastar exigências para celebração de termo aditivo do contrato de refinanciamento da dívida pública com a União.

O estado afirma ter celebrado contratos com o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), os quais poderiam ser renegociados com a União com base na Lei Complementar (LC) 156/2016, que estabelece prazo adicional de até 240 meses para o seu pagamento. Entretanto, com a superveniência da LC 159/2017, a repactuação foi condicionada ao cumprimento de algumas condições.

Segundo os autos, o BNDES aprovou a renegociação referente ao contrato de financiamento celebrado com o Amapá, no valor de R$ 449 milhões, no âmbito do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e do Distrito Federal. No entanto, ressaltou a manutenção das condições de renegociação dos contratos de refinanciamento de dívidas, reiterando a necessidade de cumprimento das condicionantes da legislação.

Na ACO 3091, o governo amapaense informou ter cumprido parcialmente as condições impostas, exceto a comprovação de pagamento ao BNDES da comissão de renegociação no valor de 0,5% sobre o saldo devedor a ser renegociado, e a adimplência relativa ao pagamento de precatórios. A liminar foi requerida para permitir a celebração imediata do termo aditivo do contrato de refinanciamento e para a concessão de prazo de 30 dias para providenciar o cumprimento das providências pendentes.

Decisão

A ministra Cármen Lúcia lembrou que não é nova no Supremo a questão relativa a pendências para a assinatura de aditivo de ente federado com a União. A controvérsia mais comum, explicou, tem sido relativa à imposição de desistência de ações judiciais cujo objeto seja a dívida ou contratos firmados com a União como condição para o refinanciamento da dívida pública estadual. Nesse ponto, a Corte tem concedido liminar para afastar cautelarmente tal condição ao reconhecer sua desproporcionalidade, citando como exemplo as decisões tomadas na ACO 2810 e na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 382.

No entanto, a presidente do Supremo observou que o caso em questão é diferente, pois não se trata de pendências quanto à imposição do dever de desistir de ações judiciais. “O que se expõe é que, por não ter conseguido cumprir as exigências legais, o estado quer um aval judicial para, mesmo sem atendê-las, obter autorização para celebrar aquele reajustamento contratual. Pretende, assim, que o Poder Judiciário autorize que, a despeito do desatendimento das condições legal e contratualmente impostas para obter o aditivo de refinanciamento de sua dívida com a União, possa assiná-lo”, afirmou.

Segundo a ministra, o atendimento do pedido poderia gerar a incorreta percepção de que a celebração de aditivos aos contratos firmados com a União dispensaria o cumprimento das exigências legais ou contratuais, tornando a repactuação um ato de vontade unilateral do estado postulante, que sequer se submeteria aos prazos legalmente estabelecidos. “A ausência de identidade entre a controvérsia jurídica posta nesta ação e naquelas invocadas como paradigmas pelo Amapá desautoriza sejam aqui adotados os fundamentos jurídicos que justificaram o deferimento das medidas antecipatórias naquelas ações”, disse.                                        Fonte STF

Amapá Cultural

O Pier Rio Amazonas será inaugurado sobre o principal ponto turístico da capital amapaense, o Trapiche Eliezer Levy, onde lá iremos criar um novo conceito para o turismo amapaense, transformando-o em um verdadeiro Completo Turístico.
O local irá oferecer um mix de serviços como Agência de Viagens e Receptivo autizado da CVC, Cafeteria, Coworking, Lounge Bar, Música ao vivo, Restaurante e Sorveteria. Teremos uma rica agenda cultural com valorização dos artistas locais através de oficinas de artesanato, sarau e exposições diversas. Tudo sendo realizado no espaço do complexo e no interior do bondinho ainda em revitalização.

A regionalidade amapaense com um toque de modernização e tecnologia proporcionando qualidade de serviço aos turistas e à sociedade amapaense.
E pra inauguração desse espaço teremos o Show:Na Beira do Rio, Com Patrícia Bastos,Oneide Bastos,Paulinho Bastos e Alejandro Cadena.
Serviços:
Local: Pier Rio Amazonas.
Endereço: Trapiche Eliezer Levy
Data: 19 de Janeiro.
Mesa limitadas: 100 e Ingresso 25.
Horário: 21:00.
Informações 991786714 e 981373130.
Posto de venda:Pier Rio Amazonas.

Inauguração do Píer Rio Amazonas

Por Flávia Moura – colaboradora do blog Pensa Amapá

         Que o Amapá é uma terra provida com exuberantes paisagens naturais nós sabemos. Também é de nosso conhecimento que por meio delas o turismo seria uma grande fonte econômica para o Estado, não fosse os casos de problemas estruturais em nossos principais cartões-postais. Um grande exemplo é o Trapiche Eliezer Levy, ponto turístico que dá boas-vindas aos visitantes da cidade, que foi consumido pela ação do tempo e falta de manutenção ao longo da última década.

          O ano de 2017 foi marcado pela revitalização do Trapiche e o ano de 2018 inicia com a inauguração do Píer Rio Amazonas, espaço que contará com uma variedade de serviços, como: agência de viagens, cafeteria, lounge bar, música ao vivo, restaurante e sorveteria; abrindo espaço para eventos culturais, como apresentação de artistas locais, oficinas de artesanato, sarau e exposições diversas.  A inauguração acontecerá dia 19/01 (sexta-feira), com show realizado pela Família Bastos. Esperamos que o retorno do funcionamento de um dos ambientes mais agradáveis do município de Macapá renda momentos inesquecíveis ao povo Amapaense!

O Carnaval e suas cores

Por Jucicleber Castro colunista do Blog   
 Carnaval se aproxima e com ele vêm as cores das escolas para dar o tom visual carnavalesco.  Amarelo é Piratão, de vermelho vai Boêmios, azulado Buritizal e Maracatu no verde e rosa. Por 2018 ser também ano eleitoral, a guerra das cores também tomará conta das ruas no outubro próximo. Pensamos em escrever um texto aqui no blog falando um pouco da ditadura das cores, porém, vem o magistral Fernando Canto a produzir um belíssimo texto, publicado anteriormente no Blog De Rocha, abordando justamente a apropriação social das cores. Vale a pena conferir o olhar científico de Fernando escrito no texto abaixo:   

Continue lendo

Parabéns Belém!

“Tu me abres tuas portas sempre eu venho aqui…
Os teus filhos me recebem tão bem…
…Belém, Belém, que bom poder respirar o teu cheiro – Flor do Grão Pará…”
Zé Miguel

Registro aqui com imenso carinho e gratidão o aniversário de Belém do Pará neste 12/01.
A capital paraense teve e tem um papel fundamental em minha vida seja pela formação acadêmica, de movimento social ou profissional.
Belém me presenteou com grandes amizades que tornam mais leve o fardo de minha luta e me fazem enxergar horizontes belíssimos.
Viva Belém do Pará!!!

Jucicleber Castro, Colunista do Blog Continue lendo

LG aposta em inteligência artificial ThinQ e casa conectada na CES 2018

Por Thássius Veloso, da CES 2018, em Las Vegas

LG apresenta nesta segunda-feira (8) as novidades que os consumidores vão encontrar nas lojas ao longo de 2018. Como parte da programação da CES, feira de tecnologia que acontece em Las Vegas, a sul-coreana aposta na plataforma de inteligência artificial ThinQ, que conecta o usuário aos seus dispositivos eletrônicos. Assim, é possível controlar os aparelhos da LG, como smart TVs e ar-condicionado, por meio de inteligência artificial e comados de voz, inclusive com suporte ao Google Assistente. As smart TVs da marca poderão compreender os pedidos de usuários e respondê-los com o auxílio de informações salvas em aplicativos.

Anteriormente, a empresa já havia apresentado sua primeira televisão com painel OLED e resolução 8K, cujo tamanho chega à incrível marca de 88 polegadas.

LG aposta em inteligência artificial ThinQ e casa conectada na CES 2018 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)LG aposta em inteligência artificial ThinQ e casa conectada na CES 2018 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

LG aposta em inteligência artificial ThinQ e casa conectada na CES 2018 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Inteligência artificial em tudo

A grande aposta da LG está na plataforma de inteligência artificial ThinQ, capaz de fazer diversos dispositivos da marca funcionarem em conjunto. A companhia divulgou alguns cenários em que a chamada AI deve tornar a vida dos consumidores mais conveniente:

  • O ar-condicionado aprende a temperatura preferida do usuário após algumas interações, e passa a reproduzir esta configuração.
  • O aspirador de pó aprende quais são os bichos de estimação da casa, para diferenciá-los dos móveis e outros objetos fixos na residência.
  • No carro: o sistema aprende as feições do usuário e emite alertas quando estiver estiver cansado. O ThinQ também é capaz de ajustar música, temperatura e luz de acordo com a atividade do usuário.
  • Máquina de lavar: reconhece o tipo de tecido e decide o melhor ciclo de lavagem. O sistema reconhece mudanças climáticas e na qualidade do ar.

O vice-presidente de marketing da LG nos Estados Unidos, David Vanderwaal, lembrou que todos os equipamentos da LG contam com conexão Wi-Fi. Em outras palavras, refrigeradores, máquinas de lavar, aparelhos de ar-condicionado e fogões serão integrados numa mesma realidade de casa inteligente.

LG na CES 2018: dispositivos conectados (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)LG na CES 2018: dispositivos conectados (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

LG na CES 2018: dispositivos conectados (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

MAIS DO TECHTUDO

“Bolsonaro é um fenômeno nas redes sociais através de muitos seguidores desavisados”

Por Jucicleber Castro Colunista do Blog                                                                                                     O presidenciável Deputado Jair Bolsonaro é um fenômeno nas redes sociais através de muitos seguidores desavisados sobre sua conduta moral. Já houve aquele caso em que o mesmo Deputado recebe doação da Odebrecht, e quando se noticiou o fato, deu-se um jeito de usar o então partido do deputado como destinatário da doação. Reflita e olho nele… Leia abaixo o artigo do site 247

BOLSONARO E FILHOS MULTIPLICAM PATRIMÔNIO NA POLÍTICA

Continue lendo

ALAP: a Casa Anti-povo!

 

Com a aprovação célere do projeto de Lei que garante o “auxílio paletó” e o subsídio de Natal (SN), a Assembleia Legislativa do Estado do Amapá confirma o que Job Miranda – candidato à deputado Estadual nas eleições de 2006 – dizia em seus folders de campanha: “A ALAP é uma força que atua contra o povo.” Isso mesmo, a ALAP é uma Casa Anti-Povo.

Já não bastasse vivermos em um Estado pobre, no qual a maior fonte de recursos vem de transferências constitucionais aliadas à crise econômica pela qual o país passa, vêm os deputados estaduais demonstrar sua voracidade com o dinheiro público e sua irresponsabilidade para com o contribuinte.

Há mais de 20 anos, o Amapá padece em meio a enorme desproporcionalidade na divisão do bolo orçamentário, do qual instituições como ALAP e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) abocanham fatias consideráveis do orçamento estadual sem a devida justificativa e transparência para indecente partilha.

No caso específico da Assembleia Legislativa, o orçamento para este ano está na ordem de R$ 172.878.376,00 (cento e setenta e dois milhões, oitocentos e setenta e oito mil, trezentos e setenta e seis reais), o que significa uma “bagatela” de R$ 7.203.265,66 (sete milhões, duzentos e três mil, duzentos e sessenta e cinco reais e sessenta e seis centavos) para cada deputado por ano. O resultado dessa desproporcionalidade abissal é a falta de recursos no orçamento do poder executivo para a aplicação em investimentos e políticas sociais.

Vamos acompanhar se realmente será cumprida a decisão de veto ao irresponsável projeto por parte do Chefe do Executivo Estadual.        Foto site da ALAP